Abraçando o poste

Augusto Vechini2

Era madrugada em Piracicaba. O flautista e saxofonista Augusto Cesar Vechini já havia trabalhado tocando com o grupo de choro Cochichando, no bar Cevada Pura, no Jardim São Luiz. E ainda tinha ido para outro bar para ouvir o som da H7, banda de rock e pop de seu primo. Após a maratona musical, combinou com a galera de comer um lanche. Quando dirigia pela Avenida Rio das Pedras, um cachorro apareceu do nada na sua frente e, ao desviar, acabou batendo num poste. O carro foi destruído e ele teve a sorte de só machucar o nariz. A notícia correu rápido, principalmente entre os músicos da cidade, entre eles o amigo Vitor Casagrande, que resolveu fazer uma homenagem a Vechini, numa saudável brincadeira sobre o episódio na música “Abraçando o poste”.

Social



Licença de uso

Licença Creative Commons
Os textos do Entresons são publicados com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 3.0 Não Adaptada.
Você pode reproduzir, retransmitir e distribuir o conteúdo, desde que com crédito (ao site e ao autor do texto), para uso não-comercial e com uma licença similar.

Próximos shows

Assinar: RSS iCal