Música na prisão proporciona “harmonia e paz interior”

Grupo Vozes da Cela 1

Harmonia e paz interior são os principais benefícios ao alcance dos presos que conseguem participar de atividades musicais. A afirmação é de José Henrique Martins, Coordenador Estadual de Musicalização da Superintendência de Atendimento ao Preso e Subsecretaria de Administração Prisional do Estado de Minas Gerais. Em 2006, Martins criou o projeto Vozes da Cela, na Penitenciária de São Lourenço. A experiência foi bem recebida e, segundo ele, hoje 80% dos presídios do Estado têm projetos musicais. Na semana passada, o entresons publicou reportagem sobre o ensino de música em cadeias, em decorrência da apresentação do coral Maria Marias, formado por detentas do presídio de Cariacica (ES), que se apresentou no projeto “Talentos Musicais – O Espetáculo”. No texto, especialistas defenderam a ampliação dos projetos de musicalização, com a maior participação de detentos.

Sumaré comemora um ano do projeto Quintas Jazz com o show “Pós-bossa”, um dos melhores CDs de música instrumental brasileira lançado em 2014

Pós-bossa

Não basta ter técnica. É preciso que o som alcance as profundezas da alma e leve o ouvinte a lugares jamais imaginados. E esse é o caminho do êxtase pelo qual percorrem as oito músicas do CD “Pós-Bossa”, do compositor e baterista Magno Bissoli, que estará com o seu quinteto em Sumaré na quinta-feira (30/10). O show é uma comemoração de um ano do projeto Quintas Jazz, que abriu espaço para 20 bandas instrumentais da região de Campinas, incluindo professores de música da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), apresentarem standards do jazz, bossa nova, choro e muitas composições autorais.

“Talentos Musicais” revela instrumentistas, cantores e compositores em show emocionante

Talentos Musicais

Um artista genuíno não pensa na diferença entre amadores e profissionais, pois sabe que a técnica, apesar de ser muito importante, tem como função a necessidade primordial do ser humano de expressar e transmitir emoções. O “Talentos Musicais – O Espetáculo”, que nasceu de um concurso interno da ArcelorMittal Tubarão, celebrou o espírito da verdadeira comunhão musical, com 16 empregados-artistas que, sozinhos ou acompanhados por uma banda de apoio, transmitiram emoção em canções do rock ao gospel que debatem os mais humanos dos sentimentos.

Jota Quest lança clipe de “Dentro De Um Abraço”

Vídeo clipe é de música do CD “Funky Funky Boom Boom”

Música visa quebrar estigma e ajudar na ressocialização de presos

coral_marias

“Para mim é uma terapia. E, mesmo estando presa, eu me sinto livre cantando.” A frase é de Keli Loiola, 34 anos, a mais antiga integrante do coral Maria Marias, formado por 20 detentas do Presídio de Cariacica, no Espírito Santo. O coral finalizará a apresentação musical dos empregados da produtora de aço ArcelorMittal Tubarão no show “Talentos Musicais – O Espetáculo”, que será realizado quinta-feira (23/10), às 20h, no Theatro Carlos Gomes, no centro de Vitória. Estimular a prática musical entre detentos é uma iniciativa que está se espalhando pelo País, com ações nesse sentido em prisões em Minas Gerais e no Paraná, o que na opinião de especialistas pode trazer grandes benefícios físicos e psicológicos, embora há quem avalie ser necessário que os projetos musicais sejam aprofundados entre a população carcerária.

Sons do Norte sopram em São Paulo

Lançamento do CD Kali 2012

Você já ouviu falar de MPBéra, beiradão, gambá e toada de boi bumbá? Esses são ritmos de Estados do Norte do Brasil que são expressões da cultura popular ou estão presentes na fusão dos ritmos tradicionais à MPB e ao rock. Dois shows nesta semana em São Paulo mostrarão em muito som o resultado da sensibilidade musical e da pesquisa acadêmica de artistas de Rondônia e do Amazonas. Na quarta-feira (22/10), o grupo Kali, de Porto Velho, apresenta as 12 músicas do CD “…E a primavera chega” no Puxadinho da Praça, na Vila Madalena; no sábado (25/10) um músico do Pará e quatro músicos da Amazônia, incluindo a cantora Ellen Fernandes, fazem o “Encontro Amazônico”, na Casa do Núcleo, em Alto de Pinheiros.

Natura oferece para download novo single do álbum Nação Zumbi

Nação Zumbi 3 crédito Vitor Salerno (2500x1667)

O portal Natura Musical oferece para download legal e gratuito, a partir das 17h de hoje (21/10), mais uma faixa do disco Nação Zumbi (Slap/Natura Musical), o reggae com ares psicodélicos “Defeito Perfeito”, de Jorge Du Peixe, Dengue, Lucio Maia e Pupillo, com vocal de Jorge Du Peixe, apoiado por Laya Lopes (d’O Jardim das Horas) e Lula Lira, filha de Chico Science e cantora do projeto Afrobombas. A música tem guitarra de Lucio Maia, baixo do Dengue, bateria do Pupillo, tambores de Pupillo, Gilmar e Jorge du Peixe e percussão de Toca Ogan e Pupillo, com participações de Money Mark, no Synth, Berna Ceppas, no Synth, orgão e programação.

No ritmo do reencontro

Daniel Sousa

Daniel Henrique de Sousa, 28 anos, tem um sentimento de superação das dificuldades que já passou na vida com a música “At last we meet again”, que está no disco “Three Flew Over The Cuckoo’s Nest”, de 1992, da banda americana Béla Fleck and The Flecktones. Empregado no laboratório de calibração dimensional da ArcelorMittal Tubarão, responsável por calibrar instrumentos de medida como micrômetros e paquímetros, Daniel se inscreveu em cima da hora para o concurso “Talentos Musicais” e ficou em primeiro lugar na categoria instrumental, tocando contrabaixo elétrico com Pedro Henrique na flauta, empregado da área de oficina central de usinagem. Essa mesma música será apresentada no show “Talentos Musicais – O Espetáculo”, que será realizado no Theatro Carlos Gomes, no centro de Vitória, às 20h de quinta-feira, dia 23 de outubro. “Eu sempre gostei de ouvir música instrumental. E essa música era uma que eu sabia tocar completa no dia da audição (do concurso), que me inscrevi de última hora.”

A majestade dos shows sertanejos

Kitiellem

Ela começou cantando “Florzinha de Jesus” na igreja aos sete anos, mas por influência do pai, que não é evangélico, mergulhou no universo sertanejo aos 14 anos. Foi com a música “Majestade O Sabiá”, de Roberta Miranda, que Kitiellem Campelo Ferreira, 27 anos, conquistou o segundo lugar na categoria intérprete do concurso “Talentos Musicais”. É esta mesma música que ela apresentará no dia 23 de outubro, no Teatro Carlos Gomes, centro de Vitório, no show “Talentos Musicais – O Espetáculo”.

Chico Buarque declara apoio a Dilma

“Eu voto na Dilma porque a respeito”

Social



Licença de uso

Licença Creative Commons
Os textos do Entresons são publicados com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 3.0 Não Adaptada.
Você pode reproduzir, retransmitir e distribuir o conteúdo, desde que com crédito (ao site e ao autor do texto), para uso não-comercial e com uma licença similar.

Próximos shows

Assinar: RSS iCal