Karla Stelzer

A voz poderosa do RH

Roger Marzochi, São Paulo, entresons, roger@entresons.com.br

“Sim, sou eu, Karla!” A confirmação de quem está do outro lado do telefone já é o bastante para sentir que Karla Stelzer é dona de uma voz poderosa, levemente rouca e que transmite um grande carisma. Foi assim que ela e a sua banda foram selecionados no concurso musical promovido internamente pela ArcelorMittal Tubarão, em Serra (ES), que resultará no show “Talentos Musicais – O Espetáculo”, que será realizado no dia 23 de outubro, às 20h, no Teatro Carlos Gomes, no centro de Vitória. O entresons vai cobrir a apresentação.

Empregada na área de benefícios e na gestão de compra de materiais cirúrgicos, Karla está na empresa há seis anos e, desde muito cedo, tem na música uma grande paixão, que a levou a disputar festivais e a tocar em bares da capital do Espírito Santo. “A gente começou a perceber que dentro da usina tinha muita gente envolvida com música”, lembra a cantora, sobre a motivação para realizar o concurso “Talentos Musicais”, que recebeu a inscrição de 200 funcionários. Do total, foram selecionados 16, incluindo os vencedores das categorias interprete, compositor e música instrumental. Cada finalista ganhou um Ipad e o apoio para gravação de um CD.

Além de Karla, outros três músicos fazem parte da banda, todos empregados de Tubarão: Gustavo Nascimento Barbosa (guitarra), Geovany  Carlos dos Santos (teclado) e Esdras Souza Ribeiro (bateria). O grupo tem ensaiado a música “Malandragem”, de Cássia Eller, para a apresentá-la no show na próxima semana. Quem comanda os ensaios é o músico Carlos Papel, que ficou conhecido nacionalmente em 1985 ao disputar o festival de música promovido pela Rede Globo defendendo a canção “Sol da Manhã”, de sua autoria.

Nos bares da vida – Karla lembra que a música sempre mexeu com ela desde criança. Aos seis anos de idade já arriscava tocar no violão do pai. “E muito nova eu cantava na igreja (católica). Eu toco violão e canto. E na igreja você abre leques. Participei de coral e de várias outras coisas e comecei a trabalhar mais a voz”, explica. À medida que cresceu, começou a cantar em churrascos com amigos, aniversários e até mesmo casamentos.

A paixão pela música chegou a um ponto que ela começou a se apresentar em bares à noite, mesmo tendo que acordar cedo no dia seguinte para trabalhar. “Mas tive que fazer uma pausa de dois meses. Infelizmente não é muito remunerada a profissão, a gente faz porque gosta. Mas pretendo voltar, porque é uma coisa que está no meu sangue. Tocar em mundos diferenciados, de igreja a churrasco, você acaba se apropriando de várias quantidades de ritmos diferenciados: um pouco de rock, pop, sertanejo. Meu pai toca viola caipira. E estamos sempre aprendendo.”

Por isso, ela avalia muito positivo a iniciativa da empresa em realizar o concurso e, agora, o show para o público externo, como uma demonstração da dimensão espiritual que a ArcelorMittal Tubarão promove entre os empregados. “Dou muito valor à essa questão da espiritualidade na companhia. A música não tem jeito, ela causa isso, ela te proporciona de certa forma uma viagem, pra que você olhe ao seu redor de maneira diferente. Isso que é o grande valor quando se fala em espiritualidade: de você olhar para o próximo de forma  diferente. Não de espiritualidade de religião, mas com respeito, de pensar mais o outro. Foi uma terapia para todo mundo.”

Comentários
4 Respostas para “A voz poderosa do RH”
  1. Marco Chagas disse:

    Muito show ver ela sair do Rock and roll para sertanejo e continuar arrebentar. Show, parabéns

  2. Ananery disse:

    Parabens a empresa pela iniciativa e aos participantes pelos dons. Realmente, a musica toca a nossa alma em todos os momentos da nossa vida.

  3. Linda Gutierrez disse:

    Parabéns Karla > sua voz é maravilhosa, tive o prazer de te ver cantar em uma de suas apresentações na Confraternização, você merece !!!. Parabéns também a empresa pela iniciativa. bjs.

Deixe um comentário

Social



Licença de uso

Licença Creative Commons
Os textos do Entresons são publicados com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 3.0 Não Adaptada.
Você pode reproduzir, retransmitir e distribuir o conteúdo, desde que com crédito (ao site e ao autor do texto), para uso não-comercial e com uma licença similar.

Próximos shows

Assinar: RSS iCal