Realidade de um sonho

Trailer do filme “Fabrik Funk”, que aborda o universo do funk na periferia de São Paulo. O trabalho é resultado de uma colaboração entre as antropólogas Alexandrine Boudreault-Fournier (University of Victoria), Rose Satiko Gitirana Hikiji e Sylvia Caiuby Novaes (USP) com moradores de Cidade Tiradentes, em São Paulo, que atuam de diferentes maneiras na cena artística deste distrito.  “No filme nosso objetivo é mostrar a realidade de uma grande parcela da juventude paulista, a partir de uma história que, se é caracterizada como de personagens específicos, é extremamente recorrente nas periferias das grandes cidades brasileiras nos últimos dez anos”, dizem as pesquisadoras, em release.

No filme, Karoline é uma jovem que deseja uma vida mais interessante que seu cotidiano em uma central de telemarketing. Nas ruas de Cidade Tiradentes, o maior conjunto habitacional popular da América Latina, Karoline corre atrás do sonho de ser uma MC, neste lugar que é conhecido como uma Fábrica de Funk. O filme é uma etnoficção que aborda o universo do Funk, prática que envolve música, dança, tecnologia, moda, consumo, e que se tornou um dos principais fenômenos culturais da juventude no Brasil.

“Se até há pouco tempo o futebol aparecia como uma das poucas possibilidades de ascensão social, hoje disputa espaço com o Funk, gênero musical que se utiliza das novas tecnologias para se difundir e dispensa as tradicionais gravadoras. Em estúdios caseiros bem equipados, uma legião de jovens MCs grava suas músicas, que são tratadas pelos DJs, lançadas no Youtube, amplificadas nas ruas das quebradas pelos alto-falantes dos carros tunados. Algumas estouram, com milhões de visualizações, garantindo um bom cachê para o MC nos bailes funk.”

Deixe um comentário

Social



Licença de uso

Licença Creative Commons
Os textos do Entresons são publicados com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 3.0 Não Adaptada.
Você pode reproduzir, retransmitir e distribuir o conteúdo, desde que com crédito (ao site e ao autor do texto), para uso não-comercial e com uma licença similar.

Próximos shows

Assinar: RSS iCal