1185887_10201721918110157_873587392_n

“Esquizofrenia” explora dualidade da São Paulo que oprime e liberta

Foi em uma pesquisa da Organização Mundial da Saúde (OMS) divulgada em julho que o músico Angelo Malka se inspirou para criar a festa “Esquizofrenia”, que neste sábado (24/08) entra em sua quarta edição no Purgatorium 90, o mais novo bar-balada da Rua Augusta, em São Paulo. De acordo com um levantamento feito pela OMS em 24 cidades no mundo, São Paulo aparece com a cidade com maior incidência de casos de perturbações mentais, devido a alta urbanização e privações sociais.

“A festa reflete essa dualidade de São Paulo, numa correlação sobre o quanto a cidade nos sufoca e como pode libertar, devido às opções que você pode fazer na sua vida. Essa dualidade entra no conceito da festa, entra no som. Tanto isso entra no som que é tocado, tem tanto clássicos de pista quanto músicas novas. A discotecagem em si é meio diferente, meio esquizofrênica, como se mudasse de um estilo para outro bruscamente”, explica o DJ, que divide as pick-ups com o músico Andre Pollack.

Angelo Malka sempre gostou de música e, desde os sete anos, tem se dedicado a estudar guitarra e piano. A vida de DJ teve início quando ele trabalhava no Banco do Brasil e começou a animar as festas dos amigos, que começaram a encher de gente. Com Leandro Pankk, montou a banda de música eletrônica “We say go”, na qual também compõe suas próprias músicas. Além disso, fez a trilha sonora dos curta-metragens “O Estripador da Rua Augusta”, da Geisla Fernandes e Felipe Guerra, e “Desalmados”, também da Geisla. Atualmente, trabalha na trilha de um longa que prefere manter segredo.

“Esquizofrenia”, que começa às 22h, tem garantido a lotação da casa aos sábados, que também esteve cheia na semana passada quando ocorreram o lançamento de três novas festas. Os donos Anderson Sena e Renato Ferraz, dois biólogos que resolveram colocar em prática o sonho de ter uma casa noturna, comemoram a consolidação do Purgatorium 90 como uma balada que vara a madrugada, e que começa a ferver a partir da meia noite. “Entraram na quinta-feira 130 pessoas, a lotação da casa. E até às 5h da manhã ainda tinham umas 60 pessoas”, conta o gerente da casa, Luiz Carlos, sobre o resultado da festa Haus B, que foi comandada pelo músico André Pollack.

A programação da casa começou ontem, quinta-feira (22/08), com a nova festa “Gente Fina” com os residentes André Pollak e Marina Lomaski. Na sexta-feira (23/08)  será lançada outra festa: “Invaderz”, com os DJs Mark Ventura e Lucas Gurgel, a partir das 22h30. Inaugurado em abril de 2013, o Purgatorium 90 é aberto para exposições de fotografia, gravura, desenho, pintura e escultura, com o objetivo de ampliar os espaços de expressão cultural da cidade. Seus drinks foram batizados com nomes de anjos e demônios, com imagens alusivas ao purgatório espalhadas pela casa, que tem a capacidade para receber 130 pessoas.

 

Purgatorium 90

Rua Augusta, 552, São Paulo

Entrada: R$ 5 consumíveis

Snooker e fliper de graça

Reservas: 11 4304 5554

Site: www.purgatorium90.com.br

Face: https://www.facebook.com/juninho.purgatorium.5

Horário da casa: quinta, sexta e sábado das 21h até o último cliente

A casa aceita todos os cartões, mas não aceita cheque

Cerveja mais vendida: Heineken Long Neck (R$ 8) e Heineken 600 ml (R$ 11)

Capacidade da casa: 130 pessoas

Bar com conexão wi-fi

Deixe um comentário

Social



Licença de uso

Licença Creative Commons
Os textos do Entresons são publicados com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 3.0 Não Adaptada.
Você pode reproduzir, retransmitir e distribuir o conteúdo, desde que com crédito (ao site e ao autor do texto), para uso não-comercial e com uma licença similar.

Próximos shows

Assinar: RSS iCal