Ciência e meio ambiente inspiram o CD “Quantum”

Duo Quantum 2019-08-08 at 11.11.08

Cientistas têm criado arte no Brasil, em um movimento que vem crescendo desde a década de 1960, refletindo um processo que ocorre em todo o mundo. Eles usam modelos matemáticos, microscópios, sensores, biossensores e algoritmos para fazer da técnica uma expressão lúdica e abstrata. A arte em si, no entanto, também é uma ciência, cujos métodos são muito diversos daqueles empregados pelo modelo cartesiano, que ainda exige prova em laboratório. A ciência da música é a capacidade de sentir e fazer sentir por meio de sons. A música não é matemática, não é física, apesar de as notas musicais e os instrumentos, na maioria das vezes, respeitarem leis dessas áreas do saber. “Em um primeiro momento, você conta o compasso. E, então, para de contar, pois você o internalizou. Você para de contar porque sente o número”, explica o pianista paulistano Daniel Grajew, que buscou inspiração na física quântica e no meio ambiente em “Quantum”, seu novo CD em parceria com o percussionista Túlio Araújo. Há participações especiais em várias composições, como Carlos Malta, Dani Gurgel, Jorge Continentino e Lea Freire. O disco foi feito sob encomenda do Savassi Festival, de Belo Horizonte, evento no qual os músicos realizaram o primeiro show do trabalho, em agosto deste ano.

Templo budista inspirou Daniel Grajew a compor “Manga”, música que batiza o seu primeiro CD autoral

trio rosto 2 peq pb

O pianista e compositor Daniel Grajew, hoje com 35 anos, acompanhou uma cantora em 2008, participando da banda e dos arranjos. Com a moça, o grupo disputou um concurso de música promovido pelo Templo Zu Lai, em Cotia, na Grande São Paulo. O prêmio era uma viagem para realizar um show na China. O grupo foi desclassificado, mas para Daniel a visita ao maravilhoso templo budista e a meditação que ele conseguiu fazer naquele local foi o bastante para ele semear “Manga”, composição que foi gravada no álbum “Tudo Azul” em 2011, do Carlos Malta Quarteto, e que agora dá o título do primeiro disco gravado pelo pianista, com apoio dos recursos liberados pelo Programa de Ação Cultural do Estado de São Paulo (Proac).

Social



Licença de uso

Licença Creative Commons
Os textos do Entresons são publicados com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 3.0 Não Adaptada.
Você pode reproduzir, retransmitir e distribuir o conteúdo, desde que com crédito (ao site e ao autor do texto), para uso não-comercial e com uma licença similar.

Próximos shows

Assinar: RSS iCal